Ir para o topo do site Ir para o conteúdo principal Ir para o fim do site
[Eficazi - Inteligência Estratégica]

Aguarde... Pesquisando arquivos

Como estar em destaque
no Google?

[Como estar em destaque<br> no Google?]

Ter um site que apareça nas primeiras posições do Google ou outros mecanismos de busca é muito importante para aumentar o número de visitas e consequentemente as vendas da sua empresa.

Segundo dados do próprio Google, 80% dos internautas não passam da segunda página de pesquisa. Como o Google hoje é líder no mercado de buscadores, vamos apresentar algumas dicas para posicionar melhor seu site nesse mecanismo e tentar desmistificar alguma práticas que podem acabar piorando seus resultados.

Existem duas formas de se aparecer na primeira página e, consequentemente, estar em destaque no Google: através do Google AdWords (sistema de anúncios pagos) e busca orgânica (gratuita).

Mas o que é o Google Adwords?

O Google AdWords é a solução de publicidade on-line do Google que permite a você alcançar novos clientes e expandir seus negócios. Com o Google AdWords, você escolhe onde seu anúncio é exibido, define um orçamento com o qual se sente confortável e avalia o impacto do seu anúncio.

Aparecer na primeira página através do Google AdWords é relativamente fácil e pode-se conseguir isso com pouco investimento. Como é um sistema baseado em leilão de valores para palavras-chave, dependendo do volume de concorrência a brincadeira pode começar a sair cara.

Por isso, lá vai a primeira dica: tente utilizar uma ferramenta que identifique quem clica em seu anúncio: você vai conseguir manter uma base de dados atualizada e aumentar sua chance de retorno através de e-mail marketing.

E a busca orgânica? Do que se trata?

A busca orgânica refere-se de uma maneira geral aos resultados naturais, ou seja, “não pagos”, de um mecanismo de busca, como o Google, Bing ou Yahoo!. Na busca orgânica as pessoas costumam encontrar a maioria das informações não-comerciais, como entretenimento, hobbies, esportes, educação e até mesmo têm utilizado muito o Google para assuntos relacionados à saúde e auto-medicação, o que a OMS considera alarmante.

O fato é que as pessoas têm uma relação de muita confiança com a busca orgânica de motores de busca como Bing e Google, pois sempre encontram a informação desejada. Criou-se uma relação de confiança com a busca orgânica e por isso é muito importante que as empresas sejam encontradas para palavras-chave relacionadas ao seu negócio.

Segundo estudos, 73% dos usuários preferem clicar num resultado de busca orgânica do que em links patrocinados, porque acreditam que a busca natural é mais confiável. Além disso, segundo o IBOPE, 36% das pessoas acreditam que a empresa no primeiro lugar do Google na busca orgânica é a empresa líder daquele segmento. Há dados que demonstram que 85% das compras em e-commerce foram influenciadas, direta ou indiretamente, pelo Google.